5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial

22 a 24/11/2018

Manaus/AM

Centro de Convenções Vasco Vasques, Av. Constantino Nery, 5001 - Flores

tera, 13 de novembro de 2018

Voltar

Cresce a prática do ecoturismo; temática será debatida em Encontro das Cidades Históricas

13112018 CidadesHistoricas Manaus Cred.Gov.ManausO Turismo em suas vastas ramificações sempre foi uma bandeira defendida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) como alternativa para incremento de receitas nas cidades brasileiras. Levantamentos feitos por vários institutos consolidam esse entendimento da entidade. A pesquisa mais recente, divulgada na abertura do 1° AdventureNEXT Latin America, aponta que o Turismo de Aventura cresce em média 20% ao ano no mundo.

O levantamento identifica que 65% dos recursos gerados nessa modalidade de turismo, que também inclui o ecoturismo, ficam no destino. A temática do Turismo Sustentável e as receitas oriundas com essas atividades nos Municípios estarão em debate no 5º Encontro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, que será promovido pela CNM com a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM) e outros parceiros.

O evento, realizado em Manaus (AM) entre os dias 22 e 24 de novembro, visa a valorizar e a fortalecer o potencial dessas cidades. Neste ano, o tema principal do evento será Turismo Sustentável em Desenvolvimento e o Patrimônio Natural. Na ocasião, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, vai debater essa temática com governadores dos Estados da Região Norte, ministros, presidentes de entidades municipais, parlamentares e especialistas ligados ao Turismo e ao Patrimônio Mundial. Mais de 200 participantes já confirmaram presença. As inscrições continuam abertas, são gratuitas e podem ser feitas aqui.

Carta de Manaus

Quem for ao evento pode apresentar sugestões que estarão na Carta de Manaus. O documento com essas reivindicações será entregue às autoridades do governo federal. Também são parceiros do evento a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Tribunal de Contas da União (TCU), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (AMAZONASTUR), o Governo Federal, o Governo do Estado do Amazonas, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), além dos Ministérios do Turismo, do Meio Ambiente e da Cultura. 12112018 logo Cidades Históricas Manaus atualizada

A Caixa Econômica Federal é a patrocinadora do encontro. Fazem parte do apoio institucional a Associação Amazonense de Municípios (AAM), a Associação dos Municípios do Acre (Amac), a Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), a Associação dos Municípios de Roraima (AMR), a Associação Rondoniense de Municípios (Arom), a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), e a Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep).

Por: Allan Oliveira

Da Agência CNM de Notícias, com informações do portal Mercado e Eventos