5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial

22 a 24/11/2018

Manaus/AM

Centro de Convenções Vasco Vasques, Av. Constantino Nery, 5001 - Flores

sexta, 16 de novembro de 2018

Voltar

Criação da Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial será tema de painel em Manaus (AM)

12112018 logo Cidades Históricas Manaus atualizadaA criação da Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial estará em debate durante o 5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial na cidade de Manaus, no Amazonas.  O avanço desse tema atende a uma demanda que foi apresentada na Carta de Foz do Iguaçu, durante o evento do ano passado, e representa uma conquista para o movimento municipalista.

O texto do Projeto de Lei (PL) que implementa a Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial está sendo alinhado entre os Ministérios do Turismo, da Cultura, do Meio Ambiente e das Cidades. A proposição é um desdobramento do acórdão 311/2017 do Tribunal de Contas da União (TCU), que determina a criação de um grupo de trabalho para a elaboração da Política Nacional de gestão do Patrimônio Mundial.

A íntegra desses documentos pode ser consultada no hotsite das Cidades Históricas. A partir desse projeto, deve ser redigido um Decreto do Patrimônio Mundial no Brasil. O painel contará com a participação do presidente da Organização das Cidades Brasileiras do Patrimônio Mundial (OCBPM), Mário Nascimento; do diretor do Ministério do Turismo, Neuswaldo Lima; e ainda terá um representante do governo do Estado do Amazonas.

Inscrições abertas
Promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em parceria com a OCBPM, o 5º Encontro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial acontece entre os dias 22 e 24 de novembro na capital amazonense. As inscrições continuam abertas e são gratuitas. O evento tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Confirme aqui a sua participação.

Carta de Manaus
Quem for ao evento pode apresentar sugestões que estarão na Carta de Manaus. O documento com essas reivindicações será entregue às autoridades do governo federal. Também são parceiros do evento a Unesco, o TCU, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Amazonastur, o Governo Federal, o Governo do Estado do Amazonas, além dos Ministérios do Turismo, Meio Ambiente e Cultura.
A Caixa Econômica Federal é a patrocinadora do encontro. Fazem parte do apoio institucional a Associação Amazonense de Municípios (AAM), a Associação dos Municípios do Acre (Amac), a Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), a Associação dos Municípios de Roraima (AMR), a Associação Rondoniense de Municípios (Arom), a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), e a Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep).

Por: Allan Oliveira
Da Agência CNM de Notícias