5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial

22 a 24/11/2018

Manaus/AM

Centro de Convenções Vasco Vasques, Av. Constantino Nery, 5001 - Flores

tera, 20 de novembro de 2018

Voltar

Experiência de Canela (RS) para atrair turistas será detalhada em Manaus (AM)

12112018 logo Cidades Históricas Manaus atualizadaA programação do 5º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial terá a participação de gestores que irão apresentar boas práticas voltadas ao incremento de receitas em ações do Turismo. Uma delas vai mostrar a experiência bem-sucedida no Município de Canela, no Rio Grande do Sul. O Município ganhou destaque ao adotar um modelo de gestão que conseguiu atrair de 3 milhões de turistas em apenas 11 meses.

A cidade de Canela conquistou uma fatia de mercado expressiva devido à implementação de algumas ações na gestão do Turismo. No painel, o prefeito Constantino Orsolin e o secretário de Turismo, Ângelo Sanches irão detalhar todas as fases desse projeto inovador que teve como pilares a importância da qualificação da cadeia produtiva e da preparação para receber os turistas.

O prefeito de Manaquiri, Jair Souto; o presidente da Organização das Cidades Brasileiras do Patrimônio Mundial (OCBPM), Mário Nascimento; e mais um representante do governo do Estado do Amazonas irão mediar os debates.

Inscrições abertas

Promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em parceria com a OCBPM, o 5º Encontro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial acontece entre os dias 22 e 24 de novembro em Manaus. As inscrições continuam abertas e são gratuitas. O evento tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Confirme aqui a sua participação.

Carta de Manaus

Quem for ao evento pode apresentar sugestões que estarão na Carta de Manaus. O documento com essas reivindicações será entregue às autoridades do governo federal. Também são parceiros do evento a Unesco, o TCU, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Amazonastur, o Governo Federal, o Governo do Estado do Amazonas, além dos Ministérios do Turismo, Meio Ambiente e Cultura.

Fazem parte do apoio institucional a Associação Amazonense de Municípios (AAM), a Associação dos Municípios do Acre (Amac), a Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), a Associação dos Municípios de Roraima (AMR), a Associação Rondoniense de Municípios (Arom), a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), e a Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep).     

Por: Allan Oliveira

Foto: Jefferson Viana

Da Agência CNM de Notícias